sábado, 30 de abril de 2011

Agradecimentos a www.intitutouniao.com.br


Artigos


O que é Pensamento Positivo ?


Há diversas interpretações para o pensamento positivo. Algumas delas são interpretadas de uma maneira que acabam alienando ainda mais o indivíduo do que trazendo consciência e presença daquilo que realmente está se apresentando.

Alguns livros e autores pregam que pensar positivo é apenas mentalizar aquilo que você deseja alcançar. Filmes e livros como “O Segredo” e “Quem Somos Nós” utilizaram bastante deste recurso para tentar explicar o poder da nossa mente. Não há nada de errado nisso. Realmente, a mente tem um poder sobre nós. É ela que controla o seu corpo, que causa os seus sentimentos e que lhe dá a capacidade do discernimento. Porém, a mente ainda é apenas um fator da sua manifestação nesta existência. Há também o seu corpo com suas ações, atitudes e percepções. O corpo também pode afetar a mente. Quando você recebe um estímulo físico, a mente poderá interpretar a sensação como confortável ou desconfortável. Dessa forma, não adiantaria muita coisa apenas focar naquilo que você deseja sem que haja a ação em conjunto.

Pensar positivo não está apenas associado à pensar naquilo que se deseja, e sim em interpretar cada situação como já sendo positiva para a sua Vida e para o seu aprendizado e desenvolvimento pessoal. Pensar positivo vai além do que uma técnica ou método para se conseguir algo, mas é uma filosofia e maneira de viver as situações e desafios do dia-a-dia. Pensar positivo é enfrentar (estar de frente para) cada situação que se aprensenta e dizer SIM à Vida do jeito que ela se apresenta, pois em cada situação há sempre uma lição que, se aprendida, o levará para um nível ainda mais amplo de compreensão, paz e serenidade.

Algumas vezes, a Vida nos traz situações que geram desconforto e este desconforto é uma grande porta para que olhemos para nós mesmos e aprendamos um pouco mais sobre nós mesmos.

A Vida é sábia e amorosa. Basta olhar para a natureza e na maneira como ela se aprensenta e flui. Cada situação é apenas uma ferramenta que a Vida nos traz para que possamos perceber e integrar nossos medos, inseguranças e qualquer outro sentimento que nos aflija. Cada pessoa já está tendo aquilo que merece e precisa para o seu desenvolvimento. Caso contrário, ela não estaria passando por esta situação. E quando se percebe e se aceita à Vida do jeito que ela se aprensenta, pode ser que uma sensação de tranquilidade, gratidão e felicidade tome conta da pessoa e, somente a partir daí ela possa seguir de mãos dadas com Vida para o seu próprio caminho.

Twitter: @SauloFong
Instituto União

Autorizado a reprodução em qualquer meio ou mídia desde que publicado na íntegra e com citação integral da fonte conforme o modelo acima.

Gostou ? Compartilhe:

MEU PROJETO DE BEM COM A VIDA: Agradecimentos a www.intitutouniao.com.br

MEU PROJETO DE BEM COM A VIDA: Agradecimentos a www.intitutouniao.com.br: "Artigos O que é Pensamento Positivo ? Há diversas interpretações para o pensamento positivo. Algumas delas são interpretadas de uma mane..."

NATURALMENTE SAUDÁVEL.: IMPORTANTE.

NATURALMENTE SAUDÁVEL.: IMPORTANTE.: "Amigos(as) Para sábado no CINE-FILOSÓFICO teremos o filme – AS 7 LEIS ESPIRITUAIS DO SUCESSO, com participação especial de OLIVIA NEWTON JO..."

domingo, 10 de abril de 2011

As Sete Leis Espirituais do Sucesso - E-Book

Marcadores: Posted On Sexta-feira

As Sete Leis Espirituais do Sucesso (do original em inglês The Seven Spiritual Laws of Success) é um livro de auto-ajuda do autor e físico Deepak Chopra, no formato de livro de bolso, livremente inspirado em conceitos hinduístas e espiritualistas, e lançado em 1994 nos Estados Unidos, que prega a ideia[bb] de que o sucesso pessoal não é resultado de trabalho[bb] duro, planos precisos ou ambição desmedida, mas ao invés é o resultado da compreensão de nossa natureza básica como ser humano e de como seguir as leis da natureza. Segundo o livro, quando entendermos essas leis e as aplicarmos em nossas vidas, tudo o que quisermos pode ser criado, “porque o mesmo campo que a natureza utiliza para criar uma floresta, uma galáxia, ou um corpo humano, também pode efetuar a realização de nossos sonhos”. O "sucesso"[bb] referido por Chopra é o sucesso espiritual, da mente e do bem-estar interior das pessoas, e não necessariamente envolve o sucesso financeiro.

O livro vendeu 1,5 milhão de cópias nos Estados Unidos e cerca de 3 milhões no resto do mundo, e figurou na lista dos 10 livros mais vendidos do jornal The New York Time


O livro é estruturado em capítulos, cada um apresentando uma das “sete leis espirituais do sucesso”[bb], conforme resumido a seguir:

1. Lei da Potencialidade Pura – A fonte de toda criação é a consciência pura ou pura potencialidade buscando a expressão do não-manifesto para o manifesto. Com a prática diária do silêncio, da meditação, e do não-julgamento, e com a percepção de que nosso verdadeiro Eu é de pura potencialidade, nós nos alinhamos com o poder que tudo manifesta no Universo e obtemos o que desejamos.

2. Lei da Doação - O universo opera através de trocas dinâmicas. Dar e receber são diferentes aspectos do fluxo de energia. Com a nossa disposição de dar o que buscamos, mantemos a abundância do Universo em nossas vidas. A força motriz por trás da doação deve ser a felicidade – se quiser amor, alegria ou coisas boas, dê o mesmo aos outros.

3. Lei do Carma ou Causa e Efeito – Colhemos o que plantamos. Toda ação gera uma força de energia que retorna de modo análogo. Quando nossas ações e escolhas conscientes trazem felicidade e sucesso[bb] para os outros, o fruto de nosso carma será alegria e sucesso.

4. Lei do Mínimo Esforço – A inteligência da natureza funciona sem esforço – as flores não tentam desabrochar, elas desabrocham; os pássaros não tentam voar, eles voam. Se buscamos poder, dinheiro[bb] ou felicidade para a satisfação do ego, desperdiçamos energia; mas se nossas ações são motivadas por amor, harmonia e alegria, nossa energia se multiplica e podemos usar o excedente para criar[bb] o que quisermos.

5. Lei da Intenção e do Desejo[bb] – “Inerente a toda intenção e desejo, está a mecânica para a sua realização. E quando colocamos uma intenção no campo da pura potencialidade, colocamos este poder organizador infinito para trabalhar para nós”. No nível da mecânica quântica, o universo é uma extensão de nosso corpo, e nossa intenção detona transformações de energia e informação, e organiza sua própria realização.

6. Lei do Distanciamento – No distanciamento está a sabedoria da incerteza, e nesta sabedoria está a liberdade em relação ao nosso passado, ao conhecido, que é a prisão do condicionamento passado. Quando nos abrimos ao desconhecido, ao campo de todas as possibilidades, nos entregamos à mente criativa que orquestra a dança do universo. O apego é baseado no medo e na insegurança, e cria ansiedade. O apego excessivo aos bens materiais – símbolos transitórios do Eu – traz a sensação de inutilidade e vazio.

7. Lei do Darma ou do Propósito de Vida – “Todos têm um propósito na vida... algo único para dar aos outros. E quando misturamos este talento com o serviço aos outros, experimentamos o êxtase de nosso próprio espírito, o que é objetivo[bb] último de todos os objetivos”. Primeiro, devemos descobrir nosso verdadeiro eu; depois, expressar nossos talentos especiais; e finalmente, usar este nosso dom para servir a humanidade.